II Concurso Flávio Migliaccio: PREMIAÇÃO SERÁ EM DEZEMBRO DE 2022

O ator Flávio Migliaccio em cena.

A Segunda Edição do Concurso Nacional de Dramaturgia Flávio Migliaccio obteve 85 inscrições entre os dias 07 de janeiro e 04 de março de 2022 pelo site da Frankfurt Produções.

Inscreveram-se para a segunda edição autores e autoras dos seguintes estados brasileiros: Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná, Mato Grosso do Sul, Alagoas, Bahia, Ceará, Pernambuco e Sergipe, nas categorias adulto e infantil.

Os vencedores foram:

Na Categoria Infantil:

PRIMEIRO LUGAR – A avó que voava, de Paulo Moura, de Campos de Goytacazes, Rio de Janeiro;

SEGUNDO LUGAR -Girafa não serve para nada, de José Carlos Aragão, de Belo Horizonte, Minas Gerais;

TERCEIRO LUGAR – O Sumiço do galo qui ri qui qui, de Geovane Mascarenhas, de Feira de Santana, Bahia.

Na Categoria adulto:

PRIMEIRO LUGAR – Isto não é uma conferência-Performance, de Eduardo Aleixo Monteiro, de Recife, Pernambuco;

SEGUNDO LUGAR – Precisamos falar sobre a morte, de Ticiane Simões dos Santos, de Maceió, Alagoas;

TERCEIRO LUGAR – O que esperar quando não se está esperando, de Michelli Montaño, de São Paulo.

Premiação e festa:

CATEGORIA ADULTO

1º LUGAR – 1º LUGAR – Pauta de um (01) mês no Teatro Solar de Botafogo, no Rio de Janeiro, em 2023, sem valor de mínimo, durante quatro semanas (02 apresentações por semana, em horário nobre – de acordo com a disponibilidade do teatro), com bilheteria 50% para a produção e 50% para o teatro. Não estão incluídas nas premiações de pauta do primeiro lugar, os custos de produção da montagem teatral que deverão correr por conta dos produtores da respectiva peça premiada; Entrevista com o autor no Site da Frankfurt Produções; texto publicado em e-Book e formato impresso pela Editora FUNILARIA e Troféu Flávio Migliaccio 2022.

2º e 3º LUGARES CATEGORIA ADULTO – publicação do texto em livro impresso e e-Book pela Editora FUNILARIA, Troféus Flávio Migliaccio.

CATEGORIA INFANTIL

1º LUGAR – Pauta de um (01) mês no Teatro Solar de Botafogo, no Rio de Janeiro, em 2023, sem valor de mínimo, durante quatro semanas (sábados, domingos às 16h – de acordo com a disponibilidade do teatro), com bilheteria 50% para a produção e 50% para o teatro. Não estão incluídas nas premiações de pauta do primeiro lugar, os custos de produção da montagem teatral que deverão correr por conta dos produtores da respectiva peça premiada; Entrevista com o autor no Site da Frankfurt Produções; texto publicado em e-Book e formato impresso pela Editora FUNILARIA e Troféu Flávio Migliaccio 2022.

2º e 3º LUGARES CATEGORIA INFANTIL – publicação do texto em livro impresso e e-Book pela Editora FUNILARIA, Troféus Flávio Migliaccio.

As despesas para a ocupação do teatro, tais como, técnico de luz, técnico de som, aluguel de refletores etc. não estão incluídas nesta premiação, bem como as despesas de produção de montagem do respectivo premiado nas categorias Adulto e Infantil, essas despesas são de responsabilidade da produção do espetáculo vencedor.

A festa de premiação vai acontecer em 05 de dezembro de 2022 no Teatro Solar de Botafogo, Rio de Janeiro, a partir das 18h. 

Patrocínio:

Criada em 2013, a lei de incentivo à cultura da cidade do Rio de Janeiro é o maior mecanismo de incentivo municipal do país em volume de recursos. No ano de 2021, foram atualizados os procedimentos para torná-la ainda mais democrática e mais simplificada. O Rio de Janeiro possui uma produção cultural diversa e que é decisiva para o seu desenvolvimento e para o bem-estar da população. A lei, carinhosamente apelidada de Lei do ISS, é um mecanismo de fomento que busca estimular o encontro da produção cultural com a população. Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro.

Parceiros:


Teatro Solar de Botafogo
Editora Funilaria